setembro, 2018

29set(set 29)7:0030(set 30)19:30Caminhando no Grande Lago do Sul7:00 - 19:30 (30) Gare do Oriente, LisboaTipo de Evento:Caminhada,Fim-de-Semana

Hora

29 (Sábado) 7:00 - 30 (Domingo) 19:30

Ponto de Encontro

Gare do Oriente, Lisboa

Detalhes do Evento

Descrição do Evento

Nesta proposta de actividade iremos caminhar na fantástica zona do Grande Lago do Alqueva. No primeiro dia caminharemos de braço dado com a barragem, da Amieira a Alqueva, por montes e vales bem perto deste fantástico espelho de água. No segundo dia, teremos tempo para caminhar na zona da vila fortificada de Monsaraz, de sermos presenteados com um repasto no Restaurante Sem Fim e depois iremos embarcar num veleiro para um agradável cruzeiro, com vistas deslumbrantes da envolvente do Lago, com destaque para o casario e fortaleza de Monsaraz e para o Castelo de Mourão. Neste fim-de-semana teremos naturalmente a oportunidade de experimentar os melhores sabores da gastronomia local. Venha daí connosco!

Dia 29 de Setembro (sábado)

Hora prevista para o início da caminhada: 10h45

Caminhada: “Amieira a Alqueva com o Lago a seus pés”

Na actividade deste dia destacamos os seguintes pontos de interesse:

• Aldeia da Amieira • Passadiços • Ancoradouro • Amieira Marina • Antas da Torrejona • Parque de Merendas • Aldeia de Alqueva (Igreja Matriz) • Paisagens naturais •

Nível de dificuldade do percurso: 3 (Escala de 1 a 5)
Extensão do Percurso: 16 kms
Duração prevista: 4h30m

O almoço será sob a forma de pic-nic da responsabilidade de cada participante

16h15 – Visita ao Museu do Medronho
17h30 – Visita a Moura
20h30 – Jantar de Grupo em restaurante de Moura

Aldeia da Amieira

O nome “amieira ou amieiro” que significa “árvore frequente nas terras húmidas”, pode estar na origem do nome desta freguesia. A proximidade da água de vários ribeiros, e especialmente do rio Degebe, tornaria húmidas aquelas terras permitindo a abundância de vegetação própria, nas quais se incluiriam os amieiros. Esta designação natural poderá ter passado a identificar o lugar, juntamente com o nome atribuído à paróquia: Nossa Senhora das Neves da Amieira.

Aldeia de Alqueva

As primeiras referencias a esta aldeia surgem em documentos de 1285. O nome Alqueva deriva de “alqueive” que significa “terra de pousio” ou “terra deserta” o que se verifica de facto nos solos muito secos e ásperos da freguesia. Este constituiu aliás um dos maiores entraves ao desenvolvimento desta região.
Chegou então, há umas décadas atrás uma proposta de construir junto a esta localidade uma barragem com o objectivo de irrigar os solos e trazer o desenvolvimento a uma região cuja actividade principal era a agricultura.

Dia 30 de Setembro (domingo)

Hora prevista para o início da caminhada: 9h (em Monsaraz)

Caminhada: “Escritas de Pedra e Cal”

Na actividades deste dia destacamos os seguintes pontos de interesse:

• Vila de Monsaraz • Ermida de São Bento • Convento da Orada • Cromeleque do Xerez • Ponte Romana da Pêga • Aldeia do Outeiro • Menir do Outeiro • Menir da Belhoa • Paisagens naturais •

Nível de dificuldade do percurso: 2+ (Escala de 1 a 5)
Extensão do Percurso: 12 kms
Duração prevista: 3h30m

13h – Almoço no Restaurante Sem-Fim
14h45 – Cruzeiro no Alqueva a bordo de um Veleiro
16h15 – Fim da actividade e regresso a Lisboa

Monsaraz

Devido à sua posição geográfica, a colina de Monsaraz sempre ocupou um importante lugar na história do Concelho, tendo sido ocupada por diversos povos desde a pré-história.
No séc. VIII, Monsaraz cai sob domínio do Islão através das invasões muçulmanas que ocuparam grande parte da Península Ibérica. Passou a designar-se Saris ou Sarish e a pertencer ao reino de Badajoz, um dos maiores e mais importantes focos da cultura árabe.
Em 1167, foi conquistada aos muçulmanos por Geraldo Sem Pavor numa expedição que partiu de Évora, também esta recém-conquistada. Após a derrota de D. Afonso Henriques em Badajoz, Monsaraz cai novamente em poder dos árabes. Em 1232, apoiado por cavaleiros templários, D. Sancho II reconquista-a em definitivo, sendo posteriormente doada à Ordem do Templo.
Após as guerras de 1383-1385, a Vila de Monsaraz é integrada na Casa de Bragança e passa a ser uma das mais preciosas fontes de rendimento da grande casa ducal portuguesa.
Em 1512, D. Manuel concede novo foral à Vila de Monsaraz, reformulando a vida pública e jurídica do Concelho. Após a Restauração de 1640, a Vila recebeu importantes acrescentos táticos, como o levantamento de uma nova cintura abaluartada, tornando-se numa poderosa “cidadela inexpugnável”, interligada com o sistema defensivo de Elvas, Juromenha, Olivença e Mourão.
A sua condição de vila medieval acastelada, o impetuoso crescimento das aldeias de Reguengos, a riqueza das actividades artesanais e vinícolas e a fidelidade da população de Monsaraz aos ideais miguelistas derrotados na guerra civil (1828-1834) foram os factores que contribuíram para a transferência da sede de Concelho de Monsaraz para Vila Nova de Reguengos em 1838, onde se estabeleceu definitivamente em 1851.

Localização

Ponto do Encontro

Terminal Rodoviário da Gare do Oriente, Lisboa (junto ao AKI)

Latitute:  38°46’3.02″N
Longitude:  9° 6’7.03″W
Av. de Berlim – Lisboa

HORÁRIO: Partida de Lisboa às 7h no dia 29 de Setembro
REGRESSO: Chegada a Lisboa pelas 19h30 no dia 30 de Setembro

Faça Já A Sua Inscrição

Valor da Inscrição
170€ (Preço por pessoa em quarto duplo)

185€ (Preço por pessoa em quarto individual)
Preços válidos até ao final 31 de Agosto de 2018

Equipamento

Calçado e roupa adequada para caminhadas

Circular
Circuito

Inclui:

• Transporte em Autocarro desde Lisboa até Moura
• Transporte para os locais de cada caminhada e de alojamento
• Visita ao Museu do Medronho
• Jantar de sábado
• Alojamento em Hotel
• Pequeno-almoço de domingo
• Almoço de domingo no Restaurante Sem-Fim na aldeia do Telheiro
• Cruzeiro no Alqueva a bordo de um Veleiro
• A opção de alojamento proposta contempla várias tipologia de quartos
• Caminhadas com Guia e Acompanhamento
• Seguros obrigatórios

Observações:
a) As Inscrições são limitadas e as opções de alojamento limitadas à disponibilidade existente na altura da reserva.
b) No caso de ter um grupo interessado nesta viagem contacte-nos, temos soluções personalizadas

Termos e Condições

Formulário de Inscrição

Mais de 5 inscrições, solicitamos que preencha novamente o formulário com os restantes nomes.
Faça upload da confirmação de pagamento ou envie por email para inscricoes@caminhando.pt