Visita Guiada ao Palácio Nacional da Ajuda e Caminhada em Monsanto

button

 


Palácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da AjudaPalácio Nacional da Ajuda

EVENTO: Visita Guiada ao Palácio Nacional da Ajuda e Caminhada em Monsanto

DATA DE REALIZAÇÃO: 16 de Dezembro 2017

DESCRIÇÃO DO EVENTO: 

Palácio Nacional da Ajuda

O Palácio Nacional da Ajuda foi declarado Monumento Nacional pelo Decreto de 16 de Junho de 1910. Durante as primeiras décadas do regime republicano dependia da Fazenda Pública, mantendo-se como palco para cerimónias oficiais e recebendo os visitantes que a Fazenda autorizava.

O edifício do Palácio Nacional da Ajuda não é, no presente, apenas a antiga residência real. Na ala norte do palácio estão instalados a Biblioteca da Ajuda (antiga biblioteca régia), a Galeria de Pintura do rei D. Luís I (concebida para a apresentação da colecção privada de pintura do soberano e actualmente sob a gestão directa da DGPC) e a Secretaria de Estado da Cultura. No quarto andar da ala sul está instalada a Direcção Geral do Património Cultural.

Cenário dignificante das cerimónias protocolares de representação de Estado, o Palácio da Ajuda desempenhou sempre essa função desde os primeiros tempos até aos dias de hoje. É nessa condição que o Palácio Nacional da Ajuda continua a emprestar o seu brilho às cerimónias da Presidência da República, para além de constituir um dos mais importantes museus de artes decorativas do país.

O espaço visitável do Palácio inclui dois pisos: o Piso Térreo onde se situam muitos dos aposentos privados e o Andar Nobre, onde se realizavam as recepções de gala.

O piso térreo inicia-se com uma sequência de quatro salas nas quais, pelas funções oficiais e privadas a que se destinavam, foi mantido um certo aparato, contribuindo para esse efeito as tapeçarias e as pinturas alegóricas dos tectos, remanescentes da decoração do início do século XIX. A partir da Sala de Música e ao longo da fachada poente, o piso térreo destinava-se aos aposentos pessoais. Introduziram-se novas dependências: Uma sala de estar – a Sala Azul, a Sala de Jantar para as refeições diárias da família, e zonas de lazer de que são exemplo a Sala de Mármore e a de Bilhar; por fim, as casas de banho dotadas de água corrente, quente e fria.

O Andar nobre do palácio era dedicado às recepções de gala. Neste piso encontram-se a Sala do Corpo Diplomático, a Sala do Trono, a Sala D. João VI – onde se realizavam os bailes -, a Sala dos Grandes Jantares – onde se realizavam os banquetes – entre outras salas de recepção oficial. De caracter privado são o Atelier de Pintura, a Biblioteca e o Quarto de Cama do Rei, criado no último ano da vida de D. Luís, em 1888, por conselho médico.

A 2ª parte do nosso evento será constituída por uma caminhada, numa distância aproximada de 8 kms.

LOCAL E HORA DO ENCONTRO: Em frente ao Palácio Nacional da Ajuda (nos Jardins)

Latitude:  38°42’27.19″N
Longitude:     9°11’47.76″W
Mapa do local do Encontro: Seguir ligação
Hora do Encontro: 10h 20m (a Visita tem início às 10h30)
Hora prevista para o final: 14h15m

Distância a percorrer: 8 kms

Nível de Dificuldade: 2+

Equipamento: Calçado e roupa adequada para caminhadas

Valor da inscrição: 16€ – Pagamento por TB para o IBAN: PT 50.0036.0442.99106000403.46.

Observações: Só as inscrições efectuadas até às 16h30 da sexta-feira anterior à data de realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais

Posted in Caminhadas, Eventos, visitas guiadas and tagged , , .