Caminhando na Serra do Socorro

button

 

 

Serra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e ArcheiraSerra do Socorro e Archeira

EVENTO: Caminhando na Serra do Socorro e Visita ao Centro de Interpretação das Linhas de Torres

DATA DE REALIZAÇÃO: 27 de Maio 2018

DESCRIÇÃO DO EVENTO: 

Neste evento vamos caminhar numa zona onde são bem visíveis os vestígios das Linhas Defensivas de Torres Vedras, como por exemplo o Forte da Archeira, bem presente ao longo de uma parte do percurso. Por outro lado, a emblemática Serra do Socorro constitui um desafio que iremos superar, através da sua subida, depois de passarmos pela Cadriceira. No alto teremos uma panorâmica excelente de toda a zona circundante e se a visibilidade o permitir avistaremos Peniche e a Ilha da Berlenga. Aproveitamos para visitar o Centro Interpretativo das Linhas de Torres, assim como a Ermida.

Estes são alguns dos pontos fortes da nossa caminhada:

  • Caminhada na zona Oeste;
  • Forte da Archeira;
  • Igreja Matriz do Furadouro;
  • Moinhos da Serra da Archeira;
  • Serra do Socorro;
  • Errmida de Nossa Senhora do Socorro;
  • Eco-Caminho da Serra do Socorro – Turcifal;
  • Centro de Interpretação das Linhas de Torres;
  • Paisagens naturais;

A Serra do Socorro e as Linhas de Torres:

Inserindo-se na Rota Histórica das Linhas de Torres, esta área expositiva foi inaugurada em novembro de 2008, inserindo-se no Circuito da Enxara. A Serra do Socorro domina paisagisticamente o “coração das linhas de torres”, rodeada de fortes e quartéis-generais, tendo aqui sido instalada a estação central das comunicações das Linhas de Torres (1810-11).

A exposição patente organiza-se em três núcleos: a História e Património da Serra do Socorro, as Comunicações Visuais na Guerra Peninsular e o Telégrafo da Serra do Socorro.

O Centro Interpretativo encontra-se instalado na área anexa à ermida da Serra do Socorro ou das Neves, edificada na primeira metade do século XVI (Rota das Enxaras).

Ermida de Nossa Senhora do Socorro

Ermida de Nossa Senhora do Socorro situa-se no alto da serra com o mesmo nome. Reza a lenda que a Ermida de Nossa Senhora do Socorro, no alto da serra de onde se desfruta uma admirável vista panorâmica, foi mesquita, convertida em templo católico por D. Afonso Henriques e reedificada no reinado de D. Manuel I. Consta, também, que o fundador terá sido o mesmo indivíduo que mandou fazer a matriz. Como o lugar de Enxara se começasse a povoar e ele desejasse viver sozinho, ter-se -ia mudado para este local, acabando sepultado num sarcófago de pedra que terá existido até ao século XVIII, adossado à parede da matriz. As pedrarias manuelinas visíveis no interior dão uma indicação da origem do templo, palco de um incêndio em 1996 que destruiu quase todo o seu recheio.

LOCAL E HORA DO ENCONTRO: Largo da Igreja Matriz do Furadouro (Largo da Capela)

Latitude:  39° 1’48.47″N
Longitude:     9°12’37.90″W
Mapa do local do Encontro: Seguir ligação
Rua da Capela – Furadouro (Torres Vedras)
Hora do Encontro: 9h20
Hora prevista para o final: 14h

Distância a percorrer: 15 kms

Nível de Dificuldade: 3++

Equipamento: Calçado e roupa adequada para caminhadas

Valor da inscrição: 6€  – Por transferência bancária para o NIB: 0036.0442.9910.60004034.6

Inclui: Seguro de Acidentes Pessoais
Guias e Acompanhamento

Observações: Só as inscrições efectuadas até às 16h30 do dia anterior à data de realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais

 

Posted in Caminhadas, Eventos and tagged , .