julho, 2018

13jul21:3023:50Caminhando com Pirilampos21:30 - 23:50 Praça 5 de Outubro, 2605-021 BelasTipo de Evento:Caminhada

Hora

(Sexta-feira) 21:30 - 23:50

Ponto de Encontro

Praça 5 de Outubro, 2605-021 Belas

Detalhes do Evento

Descrição do Evento

Esta proposta de Caminhada nocturna tem inicio junto à Junta de Freguesia de Belas (Praça 5 de Outubro). Entre vários pontos de interesse temos a destacar a procura dos Pirilampos.  Em local tão próximo do meio urbano venha surpreender com as surpresas que a noite pode revelar, contando para isso, com a luz intensa dos pirilampos que iremos tentar encontrar! Venha daí e deslumbre-se com estas maravilhas mesmo à porta de Lisboa.

Pirilampos:

Os pirilampos acendem a saudade da nossa infância, a memória das noites quentes dos contos de fadas. São insetos misteriosos, dos quais tão pouco sabemos…

Os pirilampos são insetos da ordem Coleoptera que pertencem à família Lampyridae, grupo em que, na maioria das espécies, as larvas e os adultos, produzem luz.

Ficha técnica: Talvez porque os associamos ao escuro. Ou talvez porque os pirilampos não têm sempre a mesma forma. É que o seu desenvolvimento não é gradual, é assim como o da história da lagarta comilona, que se transforma numa borboleta voadora e em que ambas são o mesmo organismo. Pois também a fase jovem (ou larva) dos pirilampos tem de sofrer uma metamorfose para se transformar no adulto. A função da larva é acumular reservas energéticas para poder crescer. Em Portugal, as larvas de pirilampos alimentam-se principalmente de caracóis e lesmas (há uma espécie que se alimenta de minhocas), presas muito maiores que o seu tamanho, mas que conseguem imobilizar através da inoculação de um veneno paralisante (como fazem as aranhas). Crescer, como é sentença nos insetos, implica desembaraçar-se da «carapaça» que reveste o corpo (o exoesqueleto) e fabricar uma maior, para alojar o acréscimo no tamanho resultante de mais um período de crescimento. Quando já cresceram tudo, terão passado um a três anos, e terão feito seis a oito mudas de crescimento, consoante a espécie. É então que as larvas se transformam em pupa. Esta é a fase da vida do pirilampo em que se dá a transformação do corpo para dar origem ao adulto, o que acontece a partir do início do verão. Regra geral os adultos não crescem, não se alimentam e morrem uma a duas semanas depois de se reproduzir. Em muitas espécies de pirilampos as fêmeas são parecidas com as larvas e são diferentes dos machos. As fêmeas ficam junto ao solo mas sobem ao palco para luzir subindo a um ramo ou às folhas das ervas. Na maioria das espécies os machos têm asas e voam. São eles que fazem a aragem cintilar com os pozinhos perlimpimpim dos nossos sonhos de criança.

10! é o número de espécies de pirilampos conhecidas em Portugal.

Sabia que…se os pirilampos fossem uma lâmpada estariam na prateleira das lâmpadas eficientes?

Alguns dos pontos de interesse da caminhada

• Observação de Pirilampos • Paisagens naturais •

Localização

Ponto do Encontro

Jardim 25 de Abril, Praça 5 de Outubro (ou largo da Junta de Freguesia) em Belas

Latitude: N 38º46’30
Longitude: W 09º15’47”
Praça 5 de Outubro
2605-021 Belas

Hora de Partida: 21h30
Hora prevista para o final: 00h15

Ver no Google Maps

Faça Já A Sua Inscrição

Valor da Inscrição
6€ por pessoa

Nível 0
Dificuldade
0 km's
Distância
0 Horas
Duração

Circular
Circuito

Equipamento

Calçado e roupa adequada para caminhadas

Inclui:
Guia e acompanhamento
Seguro de acidentes pessoais
Seguro de responsabilidade civil

Observações: Só as inscrições efectuadas até às 16h30 do dia anterior à realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais.

Termos e Condições

Formulário de Inscrição

Mais de 5 inscrições, solicitamos que preencha novamente o formulário com os restantes nomes.
Faça upload da confirmação de pagamento ou envie por email para inscricoes@caminhando.pt