agosto, 2019

24ago9:3013:45Caminhando na Rota da Lezíria entre Canais e Arrozais9:30 - 13:45 Junto à Igreja Matriz de BenaventeTipo de Evento:Caminhada

Hora

(Sábado) 9:30 - 13:45

Ponto de Encontro

Junto à Igreja Matriz de Benavente

Detalhes do Evento

Descrição do Evento

Esta proposta de caminhada tem início junto à Igreja Matriz de Benavente e depois de percorrido uma parte do seu núcleo urbano prosseguimos o nosso trajecto rumo ao parque ribeirinho, à Vala Nova e depois passaremos junto de um conjunto de canais de rega do rio Sorraia, com panorâmicas de excelência sobre os arrozais e toda a componente agrícola desta zona ribatejana, onde é possível ver alguma fauna e flora característica dos férteis campos da Lezíria.

Benavente

Benavente deve a sua origem a um grupo de colonos estrangeiros que se fixou na margem Sul do Tejo. A vinda destes estrangeiros obedecia ao plano de D. Sancho I de povoar as terras conquistadas aos mouros, realizando assim a sua ocupação efectiva. Em 1199 originava-se a povoação de Benavente, que por ficar nos limites do Castelo de Coruche, subordinado à Ordem de Calatrava, foi construída sob a égide e senhorio desta ordem militar. Neste facto se tem também filiado o nome da povoação, sabido que à mesma ordem pertencia também o castelo de Benavente, no reino de Leão.
Benavente foi o segundo concelho instituído ao Sul do Tejo. Tem foral antigo, dado por D. Paio, ou Pelágio, mestre da Ordem Militar de Évora, em 25 de Março de 1200, confirmado em Santarém em 1218, e foral novo de D. Manuel I, dado em 16 de Maio de 1516. Além disso recebeu privilégios de vários monarcas, especialmente D. Dinis e D. Fernando.
A povoação tem um aspecto agradável e simpático, e no seu tecido urbano inserem-se apreciáveis residências, antigas e modernas, e um parque arborizado onde se integra a nova igreja paroquial e ainda um Pavilhão Gimnodesportivo com obra de ampliação em fase de acabamento bem como um Centro Cultural junto ao Palácio da Justiça, em plena actividade. Junto do cais velho ainda se vislumbram, na toponimia e na estrutura dos edifícios antigos, vestígios da sua navegação fluvial, anterior às obras de hidráulica que transformaram substancialmente a região.
No largo do Município, fronteiro aos Paços do Concelho, foi reerguida com base nos fragmentos que estavam em poder da Câmara, o gracioso pelourinho quinhentista.

Alguns dos pontos de interesse da caminhada

• Cruzeiro do Calvário • Edifício da Câmara Municipal • Pelourinho (manuelino) • Fonte de Santo António • Igreja da Misericórdia • Igreja Matriz (Sra da Paz) • Parque Ribeirinho do Rio Sorraia • Canais do Sorraia • Margens do rio Sorraia • Campos e valados da Lezíria • Paisagens naturais ribatejanas •

Localização

Ponto do Encontro

Junto à Igreja Matriz de Benavente

Latitude: 38°58’48.97″N
Longitude: 8°48’20.58″W

Hora do Encontro: 9h30m
Hora prevista para o almoço: 13h45

Ver no Google Maps

Faça Já A Sua Inscrição

Valor da Inscrição
6€ por pessoa

Nível * 0
Dificuldade
0 km's
Distância
0 Horas
Duração

Circular
Circuito

Equipamento

Calçado e roupa adequada para caminhadas

Inclui:
Guia e acompanhamento
Seguro de acidentes pessoais
Seguro de responsabilidade civil

Observações: Só as inscrições efectuadas até às 16h30 do dia anterior à realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais

Termos e Condições

Formulário de Inscrição

Mais de 5 inscrições, solicitamos que preencha novamente o formulário com os restantes nomes.

Após enviar a inscrição receberá uma resposta automática com os dados para pagamento na sua caixa de e-mail. Muito Obrigado

Translate »
X