fbpx

julho, 2023

08jul(jul 8)8:0014(jul 14)19:00DestaqueCaminhando na Rota dos Faróis - Costa da Morte8:00 - 19:00 (14) Terminal Rodoviário junto à Gare do Oriente - LisboaTipo Evento:Caminhada,Fim-de-Semana EVENTONovo

Horário

8 (Sábado) 8:00 - 14 (Sexta-feira) 19:00

Ponto de Encontro

Terminal Rodoviário junto à Gare do Oriente - Lisboa

Detalhes do Evento

Descrição do Evento

Nesta proposta de actividade iremos caminhar no “famoso” e esplendoroso Caminho dos Faróis – Costa da Morte, na Galiza! Um caminho espetacular para todos os caminhantes e em especial para todos os que apreciam o contacto com o Mar, Costa agreste, Praias Paradisíacas, Miradouros de cortar a respiração, recantos que irão marcar o olhar e a memória de todos os que percorrem estes caminhos! Neste roteiro escolhemos o melhor dos 200kms totais a que corresponde este caminho! Não se vai arrepender, pois desde Malpica até Finisterra ficará a conhecer apenas e só o melhor! Tempo ainda para usufruir da Gastronomia local e de outros pontos turísticos imperdíveis! Venha daí connosco!

DATA LIMITE DE INSCRIÇÕES: 31 MARÇO 2023

7 DIAS, 6 NOITES, 5 ETAPAS: 90KMS

O Caminho dos Faróis – Costa da Morte – Galiza

O Caminho dos Faróis tem de ser considerado, com todo o direito, um dos itinerários a pé mais bonitos para se fazer na Europa. O que o distingue de outros percursos de caminhadas mais longos, além da majestade do oceano e dos trilhos que o ladeiam num encadeamento de promontórios e enseadas, é uma escassíssima presença de caminhantes. O Caminho dos Faróis continua a ser, entre muitos caminhos, um dos mais contemplativos e espetaculares. Um caminho que tem o mar como maior protagonista e que passa por muitos faróis e principais pontos de interesse da Costa da Morte.

A cada viragem, após cada subida ou descida, o que vai ficando é a admiração pela majestosa natureza, por um pequeno porto de pescadores ou uma praia solitária embutida em altos penhascos. O profundo respeito pelo mar é algo que se sente desde logo, ao falar com qualquer pessoa que viva nestas terras.

Costa da Morte – A origem do nome…

Este trecho costeiro da Galiza recebeu a sua sinistra alcunha após uma longa série de naufrágios sucedidos no decorrer dos séculos. A forma irregular do litoral, juntamente com condições meteorológicas frequentemente adversas, foram uma combinação fatal para um grande número de embarcações. O naufrágio mais célebre remonta a 1890. “O Serpent era um navio inglês”. “Tinha de ir de Plymouth a Freetown, na Serra Leoa, mas naufragou durante uma violenta tormenta… era 10 de Novembro”. No sítio do naufrágio encontra-se hoje um memorial, uma espécie de pequeno forte de pedra como lembrança daquele dia. “A lápide diz que ali jaz o capitão”, “mas na realidade não há certeza disto”. “O capitão foi provavelmente sepultado juntamente com o resto da tripulação, lá, onde os recuperaram. Isto porque, enquanto ingleses, eram de fé protestante e o pároco naquela altura não os quis enterrar em solo consagrado.” O Cemitério dos Ingleses não é um conjunto de lápides, ao contrário daquilo que o nome poderia sugerir. Mas a poucos metros da água surge uma série de amontoados de seixos sobrepostos por diferentes alturas, parecidos com delgadas e instáveis colunas.

Não muito longe do lugar do naufrágio do Serpent, eleva-se hoje o farol de Cabo Vilán. Substituindo uma primeira estrutura mais pequena e alimentada a vapor, foi o primeiro farol elétrico de Espanha. Chega-se lá depois de alguns quilómetros num cómodo trilho de terra batida, salvo uma curta mas íngreme subida entre silvas e giestas, e o último trecho asfaltado. A vista desde as rochas do farol deixa-nos mais uma vez contemplativos.

O Farol do Cabo Finisterra

Construído em 1853, 138 metros acima do nível do mar, é considerado como o cabo do fim do mundo (Finis Terrae). Durante milhares de anos pensou-se que para além deste ponto existia apenas uma sima aquosa onde o sol se apagava todas as noites e através da qual se chegava a uma região de trevas, povoada por monstros marinhos. É um farol formado por uma torre octogonal, a casa do faroleiro e uma praça de homenagens oferecida ao general San Martín e que se denomina Praça da República Argentina. Diz-se que, nos dias claros, é possível observar a fronteira com Portugal. É conhecido por todos os navegantes do mundo, pela sua importância como meio de aviso da proximidade de uma costa muito perigosa (a sua luz chega a atingir 65 Km de comprimento), assim como pela fama de traiçoeira que esta zona marítima tem.

Dia 8 de Julho

• Saída de Lisboa (Estação do Oriente) às 8h
• Almoço em Valença
• Check-in em Hotel na Costa da Morte (Laxe)
• Jantar de Grupo (facultativo)

Dia 9 de Julho 

• Etapa: Malpica – Cabo Adrian – Farol Roncudo – Corme – Poteceso  (17 kms)
• Pontos de interesse: Porto de Malpica, Praia de Area Maior, Praia de Seaia, Cabo de San Adrián, Islas Sisargas, Farol Roncudo, Porto de Corme, Praia de Osmo, Praia da Ermida, Praia de Rio Covo, Monte da Facha, Praia de Valarés, Monte Branco, Estuário do Rio Anllóns e Ponte de Ponteceso.
• Jantar de Grupo (facultativo)

Dia 10 de Julho 

• Etapa: Ponteceso – Laxe (19 kms)
• Pontos de interesse: Castro de Borneiro, Vilaseco, Dolmen de Dombate, Fontefria, Miradouro do Monte Castelo de Lourido, Canduas, Costa da Mundina, Praia de Rebordelo, Praia de San Pedro, Punta do Cabalo, Moinhos de Frexufre, Cabo da Area e Praia de Laxe.
• Jantar de Grupo (facultativo)

Dia 11 de Julho

• Etapa:  Laxe a Arou (18 kms)
• Pontos de interesse: Porto de Laxe, Igreja de Santa Maria da Atalaia, Farol de Laxe, Furna da Espuma, Praia dos Cristais, Enseada da Baleeira, Praia do Soesto, Praia e Lagoa da Traba, Praia de Camelle, Museu de Man e Arou.
• Jantar de Grupo (facultativo)

Dia 12 de Julho 

• Etapa: Arou a Cabo Vilan (19 kms)
• Pontos de interesse: Praia de Arou, Praia de Lobeiras, Porto de Santa Marina, Monte Branco, Praia de Trece, Cemitério dos Ingleses, Praias de Reira, Cabo e Farol de Vilan, Camarinas.
•  Visita ainda a Muxia
• Jantar de Grupo (facultativo)

Dia 13 de Julho 

• Etapa: Praia do Rostro a Finisterra (17 kms)
• Pontos de interesse: Praia do Rostro, Ponta do Rostro, Praia de Arnela, Cabo da Nave, Praia do Mar de Fora, Monte do Facho e Cabo e Farol de Finisterra.
• Passeio em Finisterra
• Jantar de Grupo (facultativo)

E assim fica concluído o nosso caminho com a chegada ao Farol no Cabo Finisterra.

Dia 14 de Julho 

• Visita à Cascata do Ézaro
• Regresso a Lisboa

Reservas até dia 31 de Março 2023
Valor da reserva: 150€ por pessoa

Localização

Ponto do Encontro

Gare do Oriente – Lisboa

Latitude: 38°46’3.02″N
Longitude: 9° 6’7.03″W

HORÁRIO: Partida de Lisboa às 8h
REGRESSO: Chegada a Lisboa pelas 19h

Ver no Google Maps

Características do Percurso e Equipamento

Nível 0
Dificuldade
0 Km's
Duração
0 Dias
Dias

Linear
Circuito

Equipamento

Mochila para cada dia de caminhada e mala para roupa e outros bens pessoais. A mala será transportada no nosso autocarro.

RESERVA


FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO

720€ por pessoa em quarto duplo

  • 870€ em quarto individual

Inclui:• Transporte em Autocarro/Minibus/Carrinha de Turismo desde Lisboa e regresso; • O Autocarro/Minibus/Carrinha de Turismo à nossa disposição toda a semana; • Transporte para os locais de cada etapa do caminho e de alojamento; • Alojamento em Hotel de 3 estrelas (4 noites) e Hotel de 2 estrelas (2 noites); • Pequeno almoço incluído; • Visita a vários pontos de interesse; • A opção de alojamento proposta contempla várias tipologias de quartos (duplos e em alguns casos triplos); • Opção de alojamento em quarto individual com acréscimo de valor e sujeito a disponibilidade; • Caminhadas com Guia e Acompanhamento 24h; • Seguros obrigatórios.

Não Inclui:
• Todos os itens não mencionados no programa.

Observações:
• Só as inscrições efectuadas até às 16h30 do dia anterior à realização do evento permitem a activação do Seguro de Acidentes Pessoais.
• AS VAGAS SERÃO PREENCHIDAS DE ACORDO COM O ENVIO DO COMPROVATIVO DE PAGAMENTO

Formulário de Inscrição

Go to Top