novembro, 2018

17nov(nov 17)7:0018(nov 18)20:00Caminhando no Vale Mágico7:00 - 20:00 (18) Terminal Rodoviário Junto à Estação do Oriente (PERTO DO AKI)Tipo Evento:Caminhada,Fim-de-Semana EVENTONovo

Horário

17 (Sábado) 7:00 - 18 (Domingo) 20:00

Ponto de Encontro

Terminal Rodoviário Junto à Estação do Oriente (PERTO DO AKI)

Detalhes do Evento

Descrição do Evento

Nesta proposta de actividade iremos caminhar no Vale Mágico, mais concretamente na magnífica região de Vale de Cambra. Neste fim-de-semana teremos naturalmente a oportunidade de experimentar os melhores sabores da gastronomia local. Venha daí connosco!

Dia 17 de Novembro (sábado)

Vale de Cambra e a Aldeia Trebilhadouro

Nas encostas da Serra da Freita domina o verde dos pinheiros e eucaliptos e, junto às ribeiras, os socalcos que dividem pequenos terrenos agrícolas. Não será difícil observar espécies como o pica-pau, o gavião, bandos de perdizes, ou a borboleta acobreada-da-montanha.

Ao chegar junto do rio Caima, espera-o um pequeno paraíso na margem esquerda da albufeira: a Levada de Santa Cruz desenvolve-se entre florestas frondosas, propícias ao crescimento de fetos e fungos e que são o habitat perfeito para o Lagarto-de-água, a rã ibérica ou a lontra.

A aldeia de Trebilhadouro, detentora do título de “Aldeia de Portugal”, esteve desabitada durante décadas, tendo sido recuperada para turismo rural. Está perfeitamente integrada na paisagem envolvente e mantém a traça da casa rural portuguesa em pedra granítica, material que se estende aos caminhos. Diz a tradição que o nome deriva de um tesouro, formado por “três bilhas de ouro”.

A cerca de 1km da aldeia, num afloramento granítico ao lado de um pequeno riacho, localizam-se as gravuras de Trebilhadouro. Os motivos gravados incluem espirais, covinhas, linhas e armas (provavelmente um machado de pedra).

Em Rôge destaca-se o complexo religioso constituído pela Igreja de S. Salvador e pelo Cruzeiro, classificado Monumento Nacional, desde 1949. Ambos os monumentos apresentam traços do estilo barroco, tendo sido edificados em meados do século XVIII. O cruzeiro terá sido derrubado pelo temporal ciclónico de 1945, e restaurado em 1947.

Hora prevista para o início da caminhada: 10h30
Nível de dificuldade do percurso:
3+ (Escala de 1 a 5)
Extensão do Percurso: 11 kms
Duração prevista: 3h30

O almoço será sob a forma de pic-nic da responsabilidade de cada participante

15h30 – Visita à Aldeia de Trebilhadouro
16h30 – Degustação de cogumelos de produtor local
17h30 – Visita a Adega de Vinho Verde e Prova de Vinhos
20h30 – Jantar na Aldeia de Trebilhadouro

Dia 18 de Novembro (domingo)

Caminhada “Praia Fluvial de Burgães e Canais de Rega”

Com início na Praia Fluvial de Burgães, os primeiros metros deste percurso acompanham o rio Caima para montante, até subir a Malhô e apanhar a entrada no canal de rega n.º1. A partir deste ponto o percurso assume um traçado circular, desenvolvendo-se em terreno plano no sentido dos ponteiros do relógio. Usados para regar os campos no vale de Cambra, estes canais captavam a água do rio Caima junto ao Açude Moreira, transportando-a ao longo de vários quilometros!

Após 2 km neste impressionante canal de rega (n.º1), o percurso sai para a rotunda das regadas, sobe a Av. Dr. António Fonseca e entra no canal de rega n.º 2, desenvolvendo-se a uma cota ligeiramente superior ao canal anterior. Ao fim de 2,5 km neste engenhoso trilho, o percurso desce novamente ao canal n.º 1 para rapidamente regressar a Malhô e percorrer o caminho de regresso à Praia Fluvial.

Os Canais de Rega de Burgães

Cerca de 3 km a montante da Praia Fluvial de Burgães localiza-se o fontanário de Santa Cruz, que aproveitando as águas de um pequeno afluente do rio Caima, teve outrora um papel importante para o abastecimento da população local. Entre este fontanário e a Barragem Eng. Duarte Pacheco (Rôge), localiza-se o Açude Moreira, também conhecido como Barragem de Padrastos. A construção do açude Moreira, com 7 m de altura e 16 m de coroamento permitiu a regularização do caudal do rio Caima e a captação de água para abastecimento domiciliário de Vale de Cambra.
É também nesta barragem que tem origem uma parte da água que abastece a rede de rega de Burgães, que percorre mais de 20 km de campos em torno de Vale de Cambra. Este percurso pedestre, desenvolve-se numa parte da referida rede de rega, nomeadamente: Canal de Rega nº1: o canal de inferior (desenvolve-se a uma cota de 240 m), que atravessa Malhô, Burgães e Macinhata. Canal de Rega nº2: o canal superior (desenvolve-se a uma cota de 280 m), que atravessa a parte de cima de Macinhata e Búzio. A importância desta rede de rega era tal que existia um funcionário que trabalhava todos os dias nos canais de rega, a abrir e fechar comportas, e um horário que regulamentava os períodos em que os canais eram usados para usufruto dos vários proprietários.

Hora prevista para o início da caminhada: 9h30
Nível de dificuldade do percurso: 3 (Escala de 1 a 5)
Extensão do Percurso: 10 kms
Duração prevista: 3h

13h30 – Almoço em restaurante típico de Vale de Cambra “Caneca e Meia”

15h – Passeio por Vale de Cambra
16h30 – Fim da actividade e regresso a Lisboa

Alguns dos pontos de interesse deste evento

• Caminhada no Vale Mágico • Aldeia de Trebilhadouro • Gravuras de Trebilhadouro • Barragem Engº Duarte Pacheco • Levada de Santa Cruz • Praia Fluvial de Burgães • Canais de Rega • Degustação de cogumelos • Prova de Vinhos • Visita à Adega • Paisagens naturais de grande beleza, como açudes, rios e Levadas •

Localização

Ponto do Encontro

Terminal Rodoviário Junto à Estação do Oriente (perto do AKI)

Latitude: 38°46’3.02″N
Longitude: 9° 6’7.03″W

Horário: Partida de Lisboa às 7h no dia 17 de Novembro
Regresso: Chegada a Lisboa pelas 20h no dia 18 de Novembro

Ver no Google Maps

Faça Já A Sua Inscrição

Valor da Inscrição
165€ (Preço por pessoa em quarto duplo) – 125€ (sem transporte)
185€ (Preço por pessoa em quarto individual) – 145€ (sem transporte)

Nível 0
Dificuldade
0 km's
Distância
0 Dias
Duração

Circular
Circuito

Equipamento

Calçado e roupa adequada para caminhadas

O Valor Inclui:

• Transporte em Autocarro desde Lisboa até Vale de Cambra;
• Transporte para os locais de cada caminhada e de alojamento;
• Alojamento em Turismo Rural ou Hotel de 2 estrelas;
• Jantar de sábado;
• Visita Guiada a Quinta e Degustação de Cogumelos;
• Visita à Adega e Prova de Vinhos;
• Pequeno-almoço de domingo;
• Almoço de Domingo;
• A opção de alojamento proposta contempla várias tipologia de quartos;
• Caminhadas com Guia e Acompanhamento;
• Seguros obrigatórios.

Observações:  Valores até dia 31 de Outubro 2018. Após essa data os preços serão de 175€ e 195€ respectivamente (com transporte) e 135€ e 155€ (sem transporte)

Notas:
a) As Inscrições são limitadas e as opções de alojamento limitadas à disponibilidade existente na altura da reserva.
b) Os cancelamentos efectuados a menos de 10 dias úteis da data de realização do evento são reembolsáveis em 50% do valor pago.

Termos e Condições

Formulário de Inscrição

Mais de 5 inscrições, solicitamos que preencha novamente o formulário com os restantes nomes.

Após enviar a inscrição receberá uma resposta automática com os dados para pagamento na sua caixa de e-mail. Muito Obrigado